Bafões   Diversão   Esporte   Famosos   Música   Moda   Notícias   Sensual   Viagens

Bafão

 

Após polêmica, cidade de MG cancela show de Gusttavo Lima de R$ 1,2 milhão

  

Briga entre Zé Neto e Anitta causa estragos no meio sertanejo

A Prefeitura de Conceição do Mato Dentro (MG) anunciou que o show de Gusttavo Lima, previsto para o dia 20 de junho, com um cachê de R$ 1,2 milhão, está cancelado. Também foi adiada a apresentação da dupla Bruno e Marrone, marcada para a mesma data.

Em comunicado oficial, a Prefeitura explicou que o motivo do cancelamento seria a tentativa de "guerra política e partidária que não tem nenhuma ligação com o município e nem tampouco com a tradicional festa" do Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

O prefeito da cidade mineira, Zé Fernando (MDB), compartilhou um vídeo em que comenta a situação e lamentou a necessidade de "adiar" a apresentação de Gusttavo Lima. "Precisaremos adiar a vinda do 'Embaixador'. Tentaram envolver a nossa cidade e a minha honra pessoal em questões que não nos representam", afirmou.

 

Assim como no posicionamento oficial, o prefeito argumenta que outros artistas importantes, como Zezé di Camargo e Luciano, César Menotti e Fabiano, e Maiara e Maraisa, estiveram na cidade para apresentações nos últimos anos. 

Procurado, o MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) informou que foi feita uma representação "questionando a regularidade da utilização de valores para pagamento de despesas durante a festividade". 

Em contato com a reportagem, a Prefeitura de Conceição do Mato Dentro informou não existir previsão de reagendamento dos artistas no município. Procurado por meio de sua assessoria de imprensa, Gusttavo Lima e equipe ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Entenda o caso 

O show de Gusttavo Lima no município mineiro, acordado em 11 de abril, tornou-se alvo de pedido de investigação no MPMG. O cantor receberia um cachê de R$ 1,2 milhão, o maior pago pelo município entre as contratações divulgadas no site oficial. 

No contrato disponível na página da prefeitura, algumas obrigações chamaram a atenção, como a exigência de que a administração municipal seja responsável financeira pela "hospedagem no melhor hotel da região para 40 (quarenta) pessoas" da equipe do cantor. 

Também foi exigido o "pagamento das diárias de alimentação da equipe técnica e banda, fixada em R$ 4 mil. O valor deveria ser pago em espécie, diretamente ao produtor da equipe de shows no dia da apresentação artística". 

A contratada é a Balada Eventos e Produções LTDA, empresa que representa Gusttavo Lima. Ao todo, a prefeitura contratou R$ 2.340.000,00 (dois milhões, trezentos e quarenta mil reais) em shows através da Secretaria Municipal de Turismo, conforme é possível ver no site os contratos de seis, dos 16 shows programados. 

O show de Gusttavo Lima representava mais de 50% desse valor, seguido pelos artistas Bruno e Marrone (R$ 520 mil), Israel e Rodolffo (R$ 310 mil), Di Paulo & Paulino (R$ 120 mil), João Carneiro (R$ 100 mil) e Thiago Jhonathan (R$ 90 mil).

A confusão começou após o cantor Zé Neto atacar Anitta em um show em Sorriso (MT), dizendo que não dependia de dinheiro público para sobreviver, em alusão a Lei Ruanet. 

Tão logo o vídeo tomou as redes sociais, os fãs de Anitta passaram a divulgar cachês que os cantores sertanejos estavam recebendo de prefeituras de todo o país, e os números exorbitantes causaram indignação da sociedade. 

 

 

Gusttavo Lima fala em desistir, e sertanejos prestam solidariedade ao cantor

Em meio a investigações de contratações de shows com dinheiro público, Gusttavo Lima chorou em um desabafo com os fãs. O cantor disse ter até vontade de desistir de tudo, "jogar a toalha". As declarações comoveram os amigos sertanejos, que enviaram mensagens de solidariedade. 

"Você é vencedor. Sou seu fã, sempre. Referência", disse Lucas Lucco. "Lembre-se de tudo que já passou? Você superou. Deus cuidou e sempre cuidará de você", disse Edson, dupla de Hudson. "Sempre com você até o fim, bebê. Quem te conhece sabe do que você sempre fez pelos seus e por todos. Para cima", comentou Thiago Brava. "Estamos com você, meu amigo. A verdade sempre vem à tona, mais cedo ou mais", escreveram a dupla Hugo e Guilherme. 

O cantor chorou ao dizer que estava prestes a jogar a toalha, desistindo de tudo, e que não merecia ser tratado como bandido. 

"Nunca me beneficiei sobre dinheiro público, empréstimo, ou algo do tipo. Minha vida foi sempre trabalhar. Em 2019, fiz quase 300 shows. Temos uma equipe gigantesca. Não compactuo com dinheiro público. Pago todos os meus impostos em dia. Acho que todos os artistas já fizeram ou fazem shows de prefeituras. É sobre valorizar nossa arte. Se o que a gente tem é nossa música, nossa voz, a gente ganha dinheiro com isso", disse Gusttavo.

 

Gusttavo Lima e Conceição do Mato Dentro rescindem contrato de show 'de comum acordo' e sem ônus, diz prefeitura

A Balada Eventos e Produções Ltda, que representa o cantor Gusttavo Lima, o prefeito de Conceição do Mato Dentro, José Fernando Aparecido de Oliveira, e a secretária municipal de Turismo, Rejane Ottoni Santa Bárbara, assinaram um termo de rescisão de contrato para que o artista não se apresente mais na cidade na 32ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus Do Matozinhos.

De acordo com o documento, assinado no dia 30 de maio, o distrato foi feito "de comum acordo" e não haverá multa para nenhum dos envolvidos.

Ainda segundo a declaração escrita, nenhum "sinal" ou "parcela" foram pagos e não haverá "multa ou indenização de qualquer natureza".

A prefeitura da cidade pagaria mais de R$ 2,3 milhões a sertanejos com dinheiro que só deveria ser usado em investimentos para educação, saúde e infraestrutura. Somente o show do cantor Gusttavo Lima custaria R$ 1,2 milhão aos cofres municipais. Ele se apresentaria no dia 20 de junho.

O dinheiro viria de recursos da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem), tributo pago pelas mineradoras às cidades onde há atividades minerárias. Porém, essa verba só pode ser usada em educação, saúde e na infraestrutura.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) já tinha instaurado uma notícia de fato, que apura se há elementos para abertura de inquérito.

         

COMENTE

Envie sugestões ou reclamações!


Nome:

E-mail:

Telefone:

Mensagem:


 

 

Mais Noticias

» 26ª Parada do Orgulho LGBT de SP está prevista para o dia 19 de Junho de 2022

 

» Show de Gusttavo Lima tem briga generalizada em Brasília

 

» Festa Spank apresenta excelente estrutura no Mega Space na Grande BH

 

» 2º dia do Festival Brasil Sertanejo atrai 10 mil pessoas

 

» Tom Cruise lança 'Top Gun: Maverick' em Cannes e relembra infância: ‘Queria pilotar aviões e viver aventuras’

   
  

                                       

 

 FERVECAO.COM - Copyright (c)